Ā 

Dia 04 | Quais os frutos? | 21 dias de Jejum




šŸ“– DIA 04 | Quais os frutos? | #21diasdejejumeoraĆ§Ć£o


ā€œO fariseu, em pĆ©, orava no Ć­ntimo: ā€˜Deus, eu te agradeƧo porque nĆ£o sou como os outros homens: ladrƵes, corruptos, adĆŗlteros; nem mesmo como este publicano. Jejuo duas vezes por semana e dou o dĆ­zimo de tudo quanto ganhoā€™' (Lucas 18.11-12).


Refletindo sobre essa oraĆ§Ć£o feita por um fariseu, vocĆŖ concorda com ela? Cremos que nĆ£o! Sabemos que nĆ£o nos cabe falar essas coisas diante de Deus.


Deixando um pouco de lado a questĆ£o do orgulho e da presunĆ§Ć£o, um outro tema torna-se presente: o tipo de fĆ© e de espiritualidade do fariseu. Sua pretensa santidade o descomprometia com o outro, o distanciava e o fazia juiz.


A espiritualidade cristĆ£ nĆ£o nos permite algo assim. NĆ£o apenas porque nos iguala a todos sob o mesmo peso de sermos pecadores, mas tambĆ©m porque relaciona a vida na terra com a vida no cĆ©u, o relacionamento com as pessoas com o relacionamento com Deus. E isso Ć© muito sĆ©rio. Seguir a Jesus Ć© ser chamado a uma espiritualidade que transforma nossas palavras e atitudes em oraĆ§Ć£o, adoraĆ§Ć£o e devoĆ§Ć£o.


Em outras palavras, nĆ£o podemos ser uma pessoa diante de Deus e outra diante do nosso prĆ³ximo šŸ’” Que valores e bandeiras levantamos? SĆ£o as que Cristo levantaria? Expressam amor a Deus e ao prĆ³ximo? Quanto mais amarmos, mais amor teremos para dar. Quanto mais acolhermos, perdoarmos, respeitarmos, compreendermos, mais frutos brotarĆ£o.


Podemos discordar da oraĆ§Ć£o do fariseu, mas corremos o risco de fazer uma exatamente igual com nossas atitudes muitas vezes soberbas e julgadoras. Que nossa oraĆ§Ć£o, que nossas palavras e nossas atitudes, revelem um coraĆ§Ć£o quebrantado, humilde e que entende a graƧa de Cristo na horizontal e na vertical.


šŸ™ Ore:


ā€¢ Para que Deus te dĆŖ um coraĆ§Ć£o humilde;

ā€¢ Para que vocĆŖ consiga olhar para o prĆ³ximo com amor;

ā€¢ Para que nesse momento de crise possamos ser a esperanƧa para aqueles que nĆ£o conhecem a Cristo.


Texto adaptado da OBPC.

3 visualizaƧƵes0 comentƔrio

Posts recentes

Ver tudo
Ā